6 experimentos radicais em habitação social no Reino Unido

Notícia de 19/11/2018

 

O RIBA Victoria and Albert Museum (V&A) uniram forças para exibir seis experimentos pioneiros em habitação social a partir de seus arquivos.“A Home for All” apresenta projetos "desde uma torre erguida em terraços, até um kit "Faça você mesmo" que incentivou os moradores a projetar suas próprias casas." 

Os seis projetos, todos comissionados por autoridades públicas, demonstram desde o papel crucial desempenhado pelo Estado no fornecimento de habitações quanto o papel do arquiteto na criação de moradias de alta qualidade através de sua filosofia pessoal, novas ideias, integração das melhores práticas e lições de erros anteriores.

Imagens - 6 projetos 

A exposição, gratuita ao público na Galeria V&A + RIBA em Cromwell Road, em Londres, é aberta sete dias por semana. Estão em exibição desenhos arquitetônicos originais, fotografias, plantas de situação e modelos construtivos. Além disso, cartazes de arquivo e materiais de protesto, revelando o dilema na opinião pública em relação às políticas de habitação social.

Abaixo, reunimos os seis projetos em exibição, completos com uma descrição cortesia do RIBA e V&A. Para mais informações, visite o site oficial da exposição, aqui.

 

 

Spa Green / Tecton

Foto 1 - HSL

Construído entre 1946-49  -  Londres

 

RIBA and V&A: Um dos primeiros exemplos na Inglaterra de arquitetura modernista utilizada para habitação social, concebida utilizando princípios higienistas. Os 126 apartamentos abrangem a largura de cada bloco, fornecendo luz natural, ventilação e vistas de ambos os lados. Os quartos têm vista para um pátio tranquilo, enquanto os espaços de estar estão situados no lado da rua. Um telhado inovador em forma de aerofóllio foi projetado para acelerar o fluxo de ventos para secagem de roupa. Foi uma habitação social radicalmente generosa para o seu tempo.

 

 

Keeling House / Denys Lasdun & Partners

Foto 2 - HSL

Construído entre 1954-59  -  Londres

 

RIBA and V&A: Keeling House foi um experimento inicial na construção de blocos aglomerados. Esta forma inovadora colocou quatro blocos de 16 andares ao redor de uma torre de serviços independente. Os blocos interligados foram projetados para equilibrar a comunidade existente da rua com um sentimento de reclusão. A privacidade foi alcançada com varandas de acesso curto que servem apenas dois apartamentos e se enfrentam em ângulos oblíquos. As plataformas centrais compartilhadas forneciam os serviços comuns, como lavanderia.

 

 

Alexandra Road Estate / Neave Brown

Foto 3 - HSL

Construído entre 1968-78  -  Londres

 

RIBA and V&A: O Alexandra Road Estate é um exemplo pioneiro de habitações de baixa densidade e baixo crescimento. Neave Brown opunha-se a torres residenciais de alto padrão e propunha uma "rua social" para esse local inábil ao lado de uma linha férrea. Essa rua compartilhada incentiva um senso de convivência de vizinhança e pertencimento à comunidade.

 

 

Byker Estate /Ralph Erskine Arkitektkontor

Construído entre 1969-82  -  Newcastle

RIBA and V&A: Byker Estate é um exemplo ambicioso de desenho participativo que envolveu extensas consultas com os residentes existentes. O arquiteto montou seu escritório no local, onde futuros residentes pudessem entrar para examinar os planos e discutir o projeto. A propriedade substituiu um bairro de terraços, que foram demolidos e substituídos em etapas para permitir que os vizinhos e as famílias sejam realojados juntos. A propriedade foi uma clara ruptura com o modernismo concreto que veio a definir as moradias sociais pós-guerra e continua a ser um exemplo impressionante de uma propriedade incorporando a complexidade de uma comunidade.

 

 

Primary Support Structure and Housing Assembly Kits (PSSHAK) / Greater London Council Architects’ Department

Construído entre 1971-79  -  Londres

RIBA and V&A: PSSHAK começou como um projeto estudantil na Architectural Association no final dos anos 1960. Os arquitetos desenvolveram um processo de projeto flexível que permitiu aos ocupantes desempenharem um papel ativo no projeto de suas residências. Cada bloco era uma concha que poderia ser subdividida para conter diferentes combinações de residências individuais. Cada inquilino foi convidado para projetar seu layout com a ajuda dos arquitetos e um manual de instruções.

 

 

Lions Green Road / Mary Duggan Architects 

Foto 4 - HSL

2017- atual  -  Londres

 

RIBA e V&A: Este projeto foi encomendado pela empresa de desenvolvimento Croydon Council, Brick by Brick, e representa tanto um renascimento quanto uma nova direção na provisão de habitação social liderada pelo conselho. O projeto imagina blocos residenciais como pavilhões esculturais dentro de uma paisagem natural - oferecendo acesso a vistas, ventilação e  iluminação. Cada bloco tem uma ocupação mista de residentes privados e sociais, com a paisagem dedicada às atividades comunitárias, obscurecendo as fronteiras entre a residência privada, o espaço compartilhado e o parque de acesso público.

 

Fonte: Archdaily

 

Ainda nenhum comentário.

Deixe um comentário